O Grande Legado Dos Pais

24 de julho de 2017

Liderar uma família atualmente, em meio ao caos reinante no que se refere a conceitos, valores, caráter e comportamento, é como dirigir uma pequena patrulha em território inimigo, ocupado por soldados bem treinados e armados, com a agravante de ser um campo infestado de minas mortais.

 

paisefilhos

Os pais são responsáveis por construir um ambiente apropriado ao crescimento e amadurecimento dos filhos, de modo a permitir que, no futuro, se tornem homens de mulheres de caráter firme e pais competentes e dedicados. Essa cadeia garante a continuidade da família nas próximas gerações, pois é através dela que os preciosos conceitos e valores familiares vão sendo transmitidos de pais para filhos.

A família tem sofrido muito nos dias de hoje. O compromisso de uns para com os outros termina quando o interesse de cada um acaba. Basicamente tudo é descartável, inclusive cônjuges e até mesmo filhos, que constantemente são abandonados.

O que está acontecendo? A questão não é simples, porém, particularmente, consigo detectar ao menos três motivos:
  1. Os pais estão fisicamente ausentes – eles não se concentram em dedicar tempo de qualidade aos seus filhos.
  2. Os pais estão psicologicamente ausentes – com suas mentes voltadas à carreira, empregos etc., eles assumem uma postura extremamente passiva e displicente em relação à dinâmica de seus lares.
  3. Os pais estão moralmente ausentes – com isso as crianças sofrem uma imensa carência de ensino e orientação de valores morais e espirituais.

Reconheço que há muitos pais que se esforçam tenazmente para exercer suas funções. Evidentemente, esse esforço, bem dirigido, é realmente eficaz e compensador. Exatamente por isso, gostaria de compartilhar com vocês a história de um pai que foi tão presente e participativo na educação de seus filhos, que sua influência estendeu-se até outras gerações de seus descendentes.

Jonathan Edwards viveu no início do século XX, quando a realidade era outra. Ele foi uma das mentes mais brilhantes da América do Norte. Era pastor, escritor e presidente da Princenton University. Ele e sua esposa tiveram onze filhos. De seus descendentes masculinos (peço perdão às mulheres, mas o livro que consultei não cita seus descendentes femininos), sabemos que mais de 300 se tornaram pastores, missionários ou professores de seminário; 120 tornaram-se professores de várias universidades; 120 promotores; 60 autores de renome; 30 juízes; 14 presidentes de diferentes universidades e 3 participantes do Congresso dos Estados Unidos. (Extraído do livro de William Peterson, “Martin Luther King Had a Wife” – Wheaton III Tyndale House – 1983)

Como podemos ver, Jonathan Edwards causou um impacto indelével na vida de seus descendentes porque investiu, com persistência, na educação e criação de seus filhos. Esses, por sua vez, fizeram o mesmo com seus próprios filhos, e, assim por diante, todos seguiram o mesmo exemplo. Dessa maneira, Jonathan Edwards tornou-se um homem que mesmo após sua morte influenciou seus familiares no decorrer de suas vidas.

E você, papai e mamãe. O que está fazendo para influenciar seu(s) filho(s) e torná-lo(s) influenciador(es) das outras gerações?

Jaime Kemp

Share Button

Related Posts

AMOR, O SENTIMENTO MAIS DOCE
EU ESTAVA ERRADO
Quem quer dinheiro?

Deixe seu Comentário

comentários